LANCHES DA LILI
MERCADÃO
LAVA JATO AUTO NIVEL
ANJO FARMA
POUSADA
AUTO POSTO
KAROLAYNE
PRAZO DETERMINADO

Mais de 10 mil piauienses ainda não sacaram o PIS/PASEP

O valor retirado pelos trabalhadores até agora ultrapassa R$ 17 bilhões e mais de 22 milhões de pessoas já sacaram.

18/06/2019 20h21
Por: Redacao
Fonte: viagora

Encerra neste mês o prazo para os trabalhadores sacarem o abono salarial relativo ao ano-base de 2018, a data final está prevista para 28 de junho.

Segundo dados do Ministério da Economia, 2,2 milhões de pessoas ainda não retiraram os valores referentes ao abono, o que representa mais de R$ 6,5 bilhões de recursos que ainda estão disponíveis para o saque.

Mais de 1,1 milhão de trabalhadores que estão concentrados na região Sudeste ainda não sacaram o dinheiro. A região Norte configura o menor número de pagamentos pendentes, com um total de 148 mil pessoas envolvidas. Já na região Sul, 440 mil trabalhadores não realizaram o saque. A região centro-oeste acumula cerca de 235 mil benefícios ainda não pagos.

Conforme tabela divulgada pelo Ministério da Economia, o estado do Piauí possui 240 mil trabalhadores com direito ao benefício, deste número 230 mil pessoas já retiraram o valor, restando 10.267 que ainda não recorreram ao saque. Só no estado o valor total pago até agora foi de R$ 178 milhões.

O processo de pagamento do abono salarial teve início em janeiro deste ano e mais de 22 milhões de pessoas já retiraram os valores a que tinham direito, o dinheiro liberado já ultrapassou R$ 17 bilhões distribuído em todas as regiões do país.

Público-alvo

As pessoas que têm direito ao abono salarial do calendário de 2018/2019 são as que estavam inscritas no PIS/Pasep há no mínimo cinco anos, que tenha trabalhado por pelo menos 30 dias no ano passado com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados do trabalhador tenha passado corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O pagamento é proporcional ao tempo de trabalho formal no ano-base. O trabalhador que esteve empregado durante todo o ano recebe uma quantia referente a um salário mínimo (R$ 998); os que trabalharam por apenas 30 dias podem sacar o valor mínimo equivalente a R$ 84, o que corresponde a 1/12 do salário mínimo.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários