SERESTA
SOS GORÓ BEBIDAS
PORTAL
ANJO FARMA GIF
SOS GORÓ
POSTO FORTALEZA
MERCADÃO FORTALEZA
RODOVIA DA MORTE

BR-135 já registrou 19 mortes neste ano e alargamento segue inconcluso

19 mortes já foram registradas na BR 135

28/06/2019 13h46Atualizado há 3 semanas
Por: Redacao
A BR-135, a chamada "Rodovia da Morte" no Piauí, já registrou 19 mortes em 2019, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal. O acidente com morte mais recente ocorreu nesta quinta (27) no  KM 504 no município de Monte Alegre do Piauí, com três óbtidos. Dentre as vítimas, um adolescente de 14 anos. As informações é Cidade Verde.com
  • Segundo a PRF, entre os dias 01/01/2019 a 24/06/2019, foram 27 acidentes, 28 feridos e 16 mortos. 
     
  • No ano de 2018, no período entre 01/01/2019 a 30/06/2019, foram 24 acidentes graves, 15 feridos graves e 19 mortos. 
     
  • Ao todo, no ano de 2018, a PRF registrou (entre 01/01/2018 a 31/12/2018) 41 acidentes graves, 29 feridos graves e 28 mortos. 

Os moradores da região denunciam constantemente que os acidentes ocorrem devido a precária estrutura da pista, além, é claro, da imprudência de alguns motoristas. Uma campanha intitulada SOS BR-135 foi iniciada pedindo, principalmente, o alargamento da rodovia. As cidades cortadas pela  BR-135 possuem núcleos diferentes para acompanhar as obras. 
 
"Ela já está alargada de Elizeu Martins até uns 30 km para chegar em Cristino Castro. Nesse ponto, a obra deu uma parada e pulou para Bom Jesus, e estão alargamento de Bom Jesus a Cristino Castro, que falta cerca de 10 km. Esse percurso de Cristino Castro a Bom Jesus, nós vamos inaugurar, que são 36km e tinham vários acidentes", disse Nadilson.

O morador acredita que quando for finalizada a obra de Bom Jesus a Cristino Castro, a parte que falta, cerca de 30 km, entre Cristino Castro em direção a Elizeu Martins, será concluída. 
Manifestação
Fundador do Movimento SOS BR 315, o comerciante Marcelo Soares, conta que a realidade em seu núcleo é outra, bem diferente, na região de Corrente. Sem sinal de alargamento, ele conta que os moradores prometem fazer uma nova manifestação e interromper o fluxo de veículos, com o objetivo das obras serem iniciadas. "Infelizmente, o trecho principal e que deu origem ao movimento, devido o número excessivo de acidentes, continua quase que na mesma situação", diz Marcelo.
"O trecho entre Bom Jesus e a divisa Piauí com a Bahia, no município de Cristalândia, foram feitos apenas obras emergenciais em trechos específicos, que resultou em uma redução no número de acidentes. No entanto,tem ocorrido diversos acidentes porque o problema não foi resolvido, apenas com as obras definitivas no trecho especificado haverá segurança para se trafegar neste trecho da BR-135, onde ainda existem diversos problema críticos".
Imprudência

O inspetor da PRF, Clovis Cendon, ressaltou que a maior causa de acidentes com vítimas na BR-135 é ligado diretamente à imprudência dos motoristas. "E cerca de 70% dos óbitos registrados na BR-135 tem motociclistas e passageiros de motos envolvidos, que na grande maioria não possuem habilitação e, ainda, não utilizam nenhum tipo de EPI (equipamento de proteção individual)", destacou o inspetor.
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários